- Jorge Da Silva - https://www.jorgedasilva.blog.br -

A MORTE DO REPÓRTER DA BAND E A INSANIDADE DA “GUERRA”

.

Terminou ontem (em Los Angeles, EUA, ainda é madrugada de domingo para segunda) a Conferência Internacional pela Reforma da Política de Drogas (International Drug Policy Reform Conference). Chega aqui, via internet, a notícia da morte no Rio de Janeiro do repórter fotográfico Gelson Domingos da Silva, da Band, quando cobria uma operação da “guerra às drogas” brasileira. Segundo a mídia, teriam morrido na mesma operação, além dele, quatro traficantes de drogas.

O tiro que matou Gelson teria partido do fuzil de um traficante, porém é preciso não esquecer de que ele foi vítima mesmo da “guerra”; guerra declarada em 1971 pelo presidente Nixon e extremada pelo presidente Reagan (“war on drugs”), a qual, ao contrário do que aparentemente se pretendia, ou seja, um “mundo sem drogas” (aparentemente, sim, pois é sabido que os objetivos eram e são outros ), aumentou o consumo e o tráfico, enriqueceu traficantes, corrompeu autoridades e políticos, e produziu a maior matança dos últimos tempos no mundo (vide as dezenas de milhares de mortes anuais associadas às drogas em países ditos periféricos, como México, Colômbia, Brasil), sem contar a destruição de lares e os danos individuais e sociais. Cumpre observar que tal não se dá na mesma escala nos países centrais, sobretudo no que declarou a guerra.

Lamentavelmente, passado o momento de comoção, a morte de Gelson aparecerá nos números frios das estatísticas da matança, ao lado das dezenas de milhares de mortes de outros brasileiros. Alguém dirá: “Traficante não é brasileiro…” Enfim, cruel cartilha: mexicanos matando mexicanos, colombianos matando colombianos, brasileiros matando brasileiros.

Na conferência acima referida, da qual participaram mais de 1 mil pessoas de diferentes partes do mundo, uma vez mais foi reafirmada a conclusão de que é preciso pôr fim à “guerra às drogas” em nível global.

Sobre alternativas ao modelo macabro vigente no mundo, remeto o leitor a artigo cujo link segue abaixo. Se interessar, é só clicar.

http://www.jorgedasilva.com.br/index.php?caminho=artigo.php&id=40 [1]