foto de Jorge Da Silva

Jorge Da Silva é cientista político. Doutor em Ciências Sociais pela UERJ e professor-adjunto / pesquisador-visitante da mesma universidade. Professor conteudista do Curso EAD de Tecnólogo em Segurança Pública (UFF - CEDERJ / CECIERJ). Criado no hoje chamado Complexo do Alemão, no Rio, serviu antes à PM, corporação em que exerceu o cargo de chefe do Estado-Maior Geral. Foi também secretário de Estado de Direitos Humanos/RJ. É vice-presidente da LEAP Brasil ('Law Enforcement Against Prohibition Brazil' (Agentes da Lei Contra a Proibição)).

Ver perfil

Os conteúdos dos textos deste Blog podem ser usados livremente. Pedimos, no caso, que sejam consignados os devidos créditos, com a citação do autor e da fonte.

 



 

 

ROLETAS NA AP2.1

1 Comentário, deixe o seu

.

ROLETAS EM COPACABANA?

Em comentário via e-mail no blog do Extra Online (31/12/09), o leitor Hugo Coutinho Pessanha afirmou: “Daqui a pouco vão colocar roletas em Copacabana e cobrar ingresso”. O comentário foi uma reação à matéria na qual o prefeito e o secretário de Ordem Pública explicavam o que podia e o que não podia nos festejos de fim de ano na Praia de Copacabana.  A prefeitura tinha anunciado a proibição de várias coisas, dentre elas o “churrasquinho” e bebidas em garrafas de vidro. Na matéria, de Letícia Vieira, lê-se:

 

“Depois de a prefeitura anunciar que o churrasquinho seria alvo de choque de ordem na festa de réveillon, o prefeito Eduardo Paes afirmou que é possível fazer uma “farofa organizada” sem estragar a comemoração”. Em entrevista gravada, o secretário de Ordem Pública explicou que as pessoas poderiam levar bebidas, sim, desde que “em lata ou em garrafa plástica, exceto, obviamente, a champanhe, que é uma tradição, a champanhe ou um espumante; a pessoa quer, enfim, comemorar lá, estourar o espumante …”   

 

Mais adiante, o secretário afirma: “Os ambulantes que tenham autorização [….] estarão autorizados a trabalhar. Os que não tiverem autorização não poderão trabalhar em Copacabana.  Nós faremos uma barreira em todas as ruas transversais à Avenida Atlântica pra evitar a entrada dos ambulantes que, efetivamente, não estiverem licenciados”. A entrevistadora, então, faz uma pergunta aparentemente embaraçosa: “E nessa barreira a população  também pode ter algum produto checado no local, como isopor ou algum outro utensílio?” O secretário responde que, “a priori, não”; que só seriam coibidos os excessos.  A entrevistadora interrompe o secretário e pergunta: “O prefeito disse que estaria autorizada uma ‘farofa organizada’. O que o senhor pode dizer, o que seria essa ‘farofa organizada’ na praia? O secretário, em resumo, reitera as suas razões. E a entrevistadora, após o secretário falar sobre o efetivo de guardas e outros agentes que estariam em serviço, faz a última pergunta: “Então, vai ser um réveillon da legalidade“. E o secretário, bem humorado, responde: Nós esperamos que seja um réveillon da tranquilidade, que é mais importante do que da legalidade”.

 

Caros prefeito e secretário, é compreensível a preocupação com a ordem. Afinal, é uma necessidade. Porém, convenhamos: quando que champanhe e espumante são tradição do povão? Farofa “organizada”? Barreiras em todas as ruas? Parece que o leitor Hugo Coutinho tem razão: “Daqui a pouco vão colocar roletas em Copacabana e cobrar ingresso”. Reflitam.

Como tenho obsessão com o tema da integração social da cidade, insisto em que não se deve tentar transformar a AP2.1 em uma cidade à parte, como afirmo nos posts http://www.jorgedasilva.blog.br/?p=917 e  http://www.jorgedasilva.blog.br/?p=786.

 

1 Comentário, deixe o seu   |    Imprimir este post Imprimir este post    |   


Um One comentário to “ROLETAS NA AP2.1”

  1. Ediene disse:

    Vale lembrar, que quando passou a enchente na baixada fluminense, estes mesmos homens, devem ter trocado de canal, para assistirem apenas os fogos de copacabana,,,as pessoas animadas, sem querer ao menos se preocupar com quem perdeu suas casas,,seus poucos bens e até entes queridos.
    Mas o assunto principal para eles, era a reuniao de milhares de pessoas em copacabana para a queima dos fogos..
    Um abraço

Envie o comentário


0/Limite de 1800 caracteres

Add video comment