- Jorge Da Silva - http://www.jorgedasilva.blog.br -

MILÍCIA E SEGURANÇA NO RIO

.

Lê-se na primeira página de O GLOBO de hoje, 31 de março de 2019: “CRIME EM EXPANSÃO: Milícia já atua em 26 bairros da capital e 14 cidades do Rio”.

Ampla reportagem, assinada pelo jornalista Antônio Werneck, mostra a preocupante expansão da milícia no RJ, comparada na matéria à Hídra, monstro mitológico de várias cabeças que se regeneram, se cortadas. Segundo o jornal, “no município do Rio, estão sob jugo de milicianos, direta ou indiretamente, cerca de 2,2 milhões de pessoas”.

Além da expansão territorial, que, segundo autoridades do MP e da Polícia Civil do estado ouvidas, inclui focos na Baixada Fluminense, na Grande Niterói-São Gonçalo, na Região dos Lagos e na Costa Verde, a milícia estaria ampliando suas atividades, passando da cobrança de taxas de segurança de comerciantes e moradores, venda clandestina de sinais de TV a cabo e de botijões de gás com ágio e da exploração de transporte de vans à grilagem de terra, agiotagem, e até mesmo extorsão de pescadores da Baía de Guanabara.

Se não tiver havido exagero da parte do jornalista e das autoridades ouvidas, a ideia que muitos tinham de que a milícia era um mal menor em face do tráfico de drogas não mais se sustenta. Ilusão.

Obs. Link da matéria: https://m.oglobo.globo.com/rio/milicias-chegam-26-bairros-do-rio-a-outras-14-cidades-do-estado-23563315 [1]