- Jorge Da Silva - http://www.jorgedasilva.blog.br -

UMA “HISTÓRIA COBERTURA” DE CORRUPÇÃO. INVOCANDO DEUS…

.

Os mais cascudos, como eu, lembram-se do escândalo dos “Anões do Orçamento”, em 1993, e da forma como o então deputado João Alves, tido por articulador do esquema, se defendeu na CPI do Orçamento, instaurada para investigar parlamentares acusados de desviar mais de R$ 100 milhões. João Alves, ao explicar o seu espetacular enriquecimento, negou tudo. Alegou, numa “história cobertura” estapafúrdia, que ganhara 13 vezes na loteria (na verdade, foi “premiado” dezenas de vezes), alegação que serviria para justificar a dinheirama roubada (“lavagem”). Disse o seguinte, para gargalhada geral (ver vídeo abaixo): “Até eu deixar essa…esse Orçamento, eu realmente vivia em dificuldade financeira. Depois que eu deixei, abandonei, esqueci, Deus me ajudou e eu ganhei dinheiro… ganhei muitas vezes.” Renunciou, para não ser cassado, como outros foram. (Link do vídeo:  https://www.youtube.com/watch?v=oBMhddAn-tE [1])