- Jorge Da Silva - http://www.jorgedasilva.blog.br -

POLICIAIS DE UPPs “DESCEM O MORRO”. AFINAL, DE QUEM FOI A DECISÃO?

Ao final de uma semana marcada pela violência e o medo, o Jornal O Dia traz a notícia de que o comandante da PM decidira que os PMs das 38 UPPs também patrulhariam o entorno das “comunidades”, medida determinada na quinta feira, dia 5. Na matéria, assinada por Adriana Cruz, lê-se: “Policiais de UPPs vão descer os morros para patrulhar as ruas / Decisão foi do comandante da PM e gerou mal-estar com o secretário de Segurança. PMs vão reforçar patrulhamento em mais de 50 pontos do Rio.”

Acontece que a notícia saiu na edição de 07/11, sábado, um dia depois que o jornal O Globo, em matéria assinada por Antônio Werneck, divulgou que a decisão partiu do secretário de Segurança: “Secretário determina reforço no policiamento em 50 pontos do Rio / Ordem de Beltrame teria como objetivo reduzir a criminalidade à noite e de madrugada.

Ué! E o “mal-estar” mencionado por Adriana Cruz? Penso que os dois jornalistas devem esclarecer esse ponto. Pode ser um mero problema de ruído na comunicação, mas pode ser um problemão. Afinal, acertada ou não, de quem foi a decisão?