foto de Jorge Da Silva

Jorge Da Silva é cientista político. Doutor em Ciências Sociais pela UERJ e professor-adjunto / pesquisador-visitante da mesma universidade. Professor conteudista do Curso EAD de Tecnólogo em Segurança Pública (UFF - CEDERJ / CECIERJ). Criado no hoje chamado Complexo do Alemão, no Rio, serviu antes à PM, corporação em que exerceu o cargo de chefe do Estado-Maior Geral. Foi também secretário de Estado de Direitos Humanos/RJ. É vice-presidente da LEAP Brasil ('Law Enforcement Against Prohibition Brazil' (Agentes da Lei Contra a Proibição)).

Ver perfil

Os conteúdos dos textos deste Blog podem ser usados livremente. Pedimos, no caso, que sejam consignados os devidos créditos, com a citação do autor e da fonte.

 



 

 

LAVA JATO. QUE IMBRÓGLIO!

3 Comentários, deixe o seu

.

Leio no Globo (10/08/2015): “Câmara pede ao STF para anular provas contra Cunha: Adams diz que solicitação partiu da presidência da Casa; deputado nega e depois diz não se lembrar do pedido“.

Como se sabe, em depoimento ao MPF na Operação Lava Jato, o delator Julio Camargo afirmou que foi pressionado pelo deputado Eduardo Cunha a pagar-lhe US$ 5 milhões de uma propina previamente acordada, referente a contratos de navios-sonda com A Petrobrás.

Bem, trata-se de uma acusação grave, que o deputado nega com veemência. De fato, se não houver provas, não basta um depoimento, pois pode tratar-se de questão pessoal, de vingança, ou meia verdade. Por outro lado, na ausência de provas, a negativa do deputado deve ser levada em conta; afinal, prevalece no ordenamento jurídico brasileiro o princípio da presunção da inocência. O título da matéria do jornal, no entanto, insinua que há provas, e que, no caso, o pedido de anulação das mesmas seria estranho.

A ver…

 

3 Comentários, deixe o seu   |    Imprimir este post Imprimir este post    |   


3 comenários to “LAVA JATO. QUE IMBRÓGLIO!”

  1. José Medina disse:

    A cobra venenosa só morre. se esmagar a sua cabeça, como também o Crime Organizado. Não da mais para a justiça e a polícia, lavar gelo.

  2. José Medina disse:

    Bandido é bandido, político é político.

  3. jorge disse:

    Caro Medina,
    São uns caras de pau.

Envie o comentário


0/Limite de 1800 caracteres

Add video comment