- Jorge Da Silva - http://www.jorgedasilva.blog.br -

TRÊS TIPOS DE REAÇÃO AOS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO

.

Dependendo da sociedade, é possível vislumbrar, grosso modo, três tipos de reação. Em certas sociedades, o poderoso flagrado com a mão na massa pede desculpas, sai de cena ou comete suicídio de vergonha; em outras, seus atos são considerados alta traição à pátria, o que o leva à morte por fuzilamento; já em outras, não há falar em vergonha, falha de caráter ou traição. O corrupto poderoso é que se apresenta em público indignado, falando em defesa da honra ultrajada e exigindo provas do provado.

Curiosamente, a reação dos cidadãos também varia de uma sociedade para outra. Em algumas, a indignação popular é geral; em outras, nenhuma; e em outras, parcial, seletiva, não importando a corrupção em si nem o tamanho da roubalheira, e sim o alinhamento dos envolvidos a estes ou aqueles grupos de interesse, partidários ou ideológicos. Daí, toda luminosidade possível na corrupção dos “outros”, e toda fumaça possível para encobrir a corrupção dos “nossos”. Como se desonestidade fosse só roubar dinheiro… Pergunte-se: e a sociedade brasileira?