- Jorge Da Silva - http://www.jorgedasilva.blog.br -

A INVASÃO DO MARACANÃ E A “GENI”

.

Na última quarta feira, 18/06, os comentaristas de rádio e TV, e o noticiário online dos jornais, sabedores de que o controle do acesso ao interior do estádio e a segurança interna incumbiam a empresas privadas (e não à PM, encarregada apenas da segurança externa, no entorno), cobravam da Fifa, da CBF e do COL explicações sobre a invasão de mais de cem torcedores chilenos antes do jogo Chile x Espanha (problema que já ocorrera no jogo Argentina x Bósnia). E eu dizia para mim mesmo: “Vão arranjar um jeito de culpar a Geni, digo, a PM”. Os invasores empurraram o portão que dá acesso ao setor da imprensa, invadiram o Centro de Mídia, derrubando divisórias e danificando equipamentos. Alguns jornalistas, na busca de responsáveis pelas falhas, quiseram saber quais as empresas contratadas, a experiência anterior das mesmas, o número, qualificação e treinamento dos seguranças por elas empregados, os valores dos contratos etc. Nada. E eu: “Vão arranjar um jeito de culpar a Geni”.

Lê-se no ‘UOL Esporte’ de hoje, 20/06, no blog de Rodrigo Mattos (Cf. link abaixo): “Falha, segurança do Maracanã vira caixa-preta da Copa-2014”, onde o jornalista afirma: “O COL (Comitê Organizador Local) transformou em uma verdadeira caixa-preta a segurança privada no Maracanã na Copa-2014”. E eu: “Vão arranjar um jeito de culpar a Geni”. Eis que, “bingooo!”. Leio na coluna do Ancelmo, também hoje, no Globo: “Embora o erro maior tenha sido da Fifa, responsável pela segurança dentro das arenas, a Polícia Militar falhou nesta invasão dos chilenos ao centro de imprensa do Maracanã. Cabe aos PMs, em volta do estádio, barrarem [sic] o acesso de pessoas sem ingressos. E foram centenas”.

Pergunto: será que a coluna se esqueceu mesmo das empresas e dos seguranças privados? Bem, a Geni também serve para desviar o foco. Afinal, plagiando o poeta, ‘Ela é feita pra apanhar’/ ‘Ela é boa de cuspir’. Fico imaginando, num jogo com expectativa de público de mais de 70 mil torcedores, os PMs abordando as pessoas “em volta do estádio” (onde a circulação é livre) para saber, primeiro, se o abordado vai ao jogo ou é um transeunte; segundo, em caso de responder que pretende ir ao jogo, se porta o ingresso. Coitados dos moradores das redondezas!… E coitada da Geni. No caso da invasão dos chilenos, chamada às pressas, pôs ordem na festa, junto com sua prima, a PC. Aí, tudo resolvido, volta a receber bosta na cara, até que dela precisem de novo, como se anuncia, já que falam em reforço da segurança. Nem vai ser preciso pagar os milhões pagos às empresas. A Geni tem que ir de graça, com os seus agregados tendo que ‘pagar’ para ir, obrigados que são a se multiplicar, em prejuízo de folgas, férias e descanso, numa espécie de “milagre da multiplicação dos PMs”. Depois…

Obs. Link da postagem do UOL: http://rodrigomattos.blogosfera.uol.com.br/2014/06/20/falha-seguranca-do-maracana-vira-caixa-preta-da-copa-2014/ [1]