- Jorge Da Silva - http://www.jorgedasilva.blog.br -

DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA DOS PMs (IV)

.

Recebo cópia de “post” do blog Casos de Polícia, do jornal Extra, sobre mortes de policiais, postado por Ana Paula Miranda, que transcrevo mais abaixo. Antes, teço um comentário.

Em três “posts” anteriores, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA DOS PMS (I), (II) e (III), publicados em 18 mai, 15 jul e 29 jul (abaixo), tratei de uma questão que costuma passar ao largo das discussões sobre a segurança pública e os direitos humanos: a vitimização dos policiais.

A sociedade deve exigir, como tem exigido, a punição exemplar daqueles policiais que tenham praticado atos de violência gratuita, sobretudo quando vitimizam pessoas inocentes. Mas também deveria exigir a responsabilização dos orquestradores da violência policial no atacado, fato corriqueiro entre nós. Basta lembrar dos discursos raivosos e das bravatas de autoridades, falando em “atira primeiro e pergunta depois”; em “bandido bom é bandido morto”; em “comigo não tem conversa”, e por aí afora. É preciso reconhecer que muitos dos atos de violência gratuita que condenamos decorrem desse atiçamento irresponsável, o que deveria ser objeto da ação dos setores que lutam pelos direitos da coletividade, como é o caso, por exemplo, do Ministério Público.
Caso contrário, estaremos contribuindo para retroalimentar a hipocrisia, fazendo dos policiais uma espécie de “algozes-vítimas”. Algozes por executarem as “sentenças” a eles atribuídas de forma subliminar pelo establishment; e triplamente vitimas: primeiro, por serem transformados em bodes expiatórios; segundo, vítimas dos bandidos; e terceiro, vítimas de políticas e das autoridades que os empregam como camicases urbanos.

O post de Ana Paula não deixa duvida da insensatez:

02 /09/ 2009
Policiais mortos em serviço
Os dados relativos ao primeiro semestre apresentaram resultados preocupantes, mas que já eram imaginados no que se refere ao crescimento de roubos e de mortes no Estado.
De todos os dados o que me pareceu mais assustador foi a comparação de policiais mortos em serviço no primeiro semestre deste ano em comparação com 2008. Foram 23 neste ano e 10 no ano passado. Isso dá uma média mensal de 4 policiais mortos em serviço por mês.
Do total de policiais 16 eram militares e 7 civis.

Sem mais comentários.