foto de Jorge Da Silva

Jorge Da Silva é cientista político. Doutor em Ciências Sociais pela UERJ e professor-adjunto / pesquisador-visitante da mesma universidade. Professor conteudista do Curso EAD de Tecnólogo em Segurança Pública (UFF - CEDERJ / CECIERJ). Criado no hoje chamado Complexo do Alemão, no Rio, serviu antes à PM, corporação em que exerceu o cargo de chefe do Estado-Maior Geral. Foi também secretário de Estado de Direitos Humanos/RJ. É vice-presidente da LEAP Brasil ('Law Enforcement Against Prohibition Brazil' (Agentes da Lei Contra a Proibição)).

Ver perfil

Os conteúdos dos textos deste Blog podem ser usados livremente. Pedimos, no caso, que sejam consignados os devidos créditos, com a citação do autor e da fonte.

 



 

 

(Cont…) TRAGÉDIA NOVA, ‘SCRIPT’ VELHO. CULPADOS EMBAIXO

Deixe seu comentário

.

Alvíssaras!

Na postagem anterior, abaixo, abordei de novo uma das mazelas recorrentes de nossa sociedade em todas as áreas: o exercício de autoridade sem responsabilidade. No episódio do incêndio da Boate Kiss, as autoridades, procurando safar-se, correram para endossar o coro na execração dos donos da boate e dos músicos, numa esperta confusão entre responsabilidade e culpa. Ali afirmei que era preciso buscar os responsáveis pela tragédia “de cima para baixo”, e não somente os culpados da ponta.

Alvíssaras! Leio no portal G1, do Globo (1º/fev/2013):

“O Ministério Público do Rio Grande do Sul abriu um inquérito civil na terça para investigar a possibilidade de improbidade administrativa por parte de integrantes da Prefeitura de Santa Maria, do Corpo de Bombeiros e de outros órgãos públicos por terem permitido que a boate Kiss continuasse funcionando mesmo com as licenças de operação e sanitária vencidas.”

Já é alguma coisa. Mas insisto: o MP deveria começar por questionar a prefeitura na pessoa do prefeito, e o governo do estado na pessoa do comandante do Corpo de Bombeiros, e vir descendo. Talvez nem precisassem chegar ao funcionário do quarto ou quinto escalão da prefeitura nem ao tenente ou sargento do Corpo de Bombeiros. O fogo é mais em cima!…

 

Deixe seu comentário   |    Imprimir este post Imprimir este post    |   


Envie o comentário


0/Limite de 1800 caracteres

Add video comment