- Jorge Da Silva - http://www.jorgedasilva.blog.br -

(Cont… ) O “MENSALÃO E A BOLSA DE APOSTAS (II)

. Bingo!

Na postagem anterior, abaixo, afirmei que, na “Bolsa de Apostas” da AP 470, os apostadores não se orientam por autos, provas ou técnica jurídica, e sim por critérios do mundo “fora dos autos”, com o que eles conseguem saber, “de antemão, muito antes de começar o julgamento, quem vai votar contra ou a favor. Dificilmente erram”.

Adivinhei. Até aqui, nenhum apostador errou… Arrisco: 6 a 5; ou 5 a 5; ou 4 a 6. Façam suas apostas, mas deixem os fatos de lado. Concentrem-se na análise do passado dos juízes e nas suas ligações.