foto de Jorge Da Silva

Jorge Da Silva é cientista político. Doutor em Ciências Sociais pela UERJ e professor-adjunto / pesquisador-visitante da mesma universidade. Professor conteudista do Curso EAD de Tecnólogo em Segurança Pública (UFF - CEDERJ / CECIERJ). Criado no hoje chamado Complexo do Alemão, no Rio, serviu antes à PM, corporação em que exerceu o cargo de chefe do Estado-Maior Geral. Foi também secretário de Estado de Direitos Humanos/RJ. É vice-presidente da LEAP Brasil ('Law Enforcement Against Prohibition Brazil' (Agentes da Lei Contra a Proibição)).

Ver perfil

Os conteúdos dos textos deste Blog podem ser usados livremente. Pedimos, no caso, que sejam consignados os devidos créditos, com a citação do autor e da fonte.

 



 

 

CORRUPÇÃO. INDIGNAÇÃO SELETIVA

4 Comentários, deixe o seu

.

Os escândalos se sucedem no Brasil. E vão continuar.

No início de março vieram a público as primeiras notícias da ligação do senador Demóstenes com Cachoeira. Divulgou-se que este dera ao senador, como presente de casamento, uma geladeira e um fogão importados; que entregara a ele um dos vários telefones antigrampo que habilitara nos EUA para falar em sigilo com pessoas ligadas a ele; e que Demóstenes lhe pedira para pagar R$ 3 mil de um taxi aéreo. Até aí era só isso, o que, para mim, já era demais, sobretudo porque se tratava de alguém que se apresentava à Nação como baluarte da decência.

Sempre desconfiei daqueles que batem no peito para dizer que são honestos, enquanto se aplicam em descobrir corrupção “nos outros”. Não compreendia (talvez por ser negro) que o senador fosse, ao mesmo tempo, radical em defesa da moralidade e obsessivo no combate aos pleitos de negros e indígenas. Parecia-me insincero e racista. Daí, no dia 24 de março, publiquei um “post” de título “Corrupção dos Incorruptíveis e o Estatuto da Igualdade” (http://www.jorgedasilva.blog.br/?p=2874), em que afirmava que o mito desmoronara.

Eis que um leitor do blog, pessoa cuja integridade pessoal, inteligência e patriotismo conheço bem, e que se indigna com a corrupção dos políticos, minimiza aqueles fatos. Pondera que o senador não negou que fosse amigo de Cachoeira, desde o tempo em que os bingos eram permitidos em Goiás; e que tinha admitido manter relação pessoal e familiar com ele, o que justificaria os presentes. Compreendi o seu ponto, mas não me convenci. Aliás, é possível que hoje, o leitor amigo, ante as graves revelações que se seguiram, tenha-se convencido de que o senador que apreciava é realmente uma fraude.

Indignação seletiva. A minha posição e a do leitor referido caracterizam o que chamo de “indignação seletiva”. Como eu tinha restrições a Demóstenes, apressei-me em condená-lo. Como o mencionado leitor não tinha, somado ao fato de o senador e o seu partido se colocarem contra “a situação”, apressou-se em defendê-lo.

Portanto, tendo em vista que todos temos os nossos posicionamentos políticos e ideológicos, e nossos preconceitos e interesses (individuais, de classe, profissionais etc.), indignar-se ou não vai depender menos dos fatos do que de quem esteja por trás deles. Os operadores da mídia, salvo as exceções de praxe, não fogem à regra. “Parceiros” e alinhados não pecam, jamais; adversários e “não-alinhados” pecam, sempre. Eta sociedadezinha!

 

4 Comentários, deixe o seu   |    Imprimir este post Imprimir este post    |   


4 comenários to “CORRUPÇÃO. INDIGNAÇÃO SELETIVA”

  1. Adilson da Costa Azevedo disse:

    Caro Jorge,

    Avaliando o sistema politico brasileiro e todas as circunstancias que levam a eleicao para qualquer cargo, salvo as raras excecoes, parece que falarmos “politico honeto” ‘e antagonismo e “politico desonesto” pleonasmo. No episodio, a unica coisa estranha ficou no preco da geladeira e do fogao recebidos de presente pelo senador no valor aproximado de US$ 16.000,00. Neste momento, estou nos Estados Unidos e tenho procurado nos mercados e lojas especializadas e o valor maximo que encontrei de geladeira foi de US $2.700,0. Sera que alguem sabe indicar onde o senhor Cachoeira comprou esses presentes? Ou sera que o o valor dos tributos esta incluido?

  2. jorge disse:

    Caro Adilson,
    1. O fogão e a geladeira eram importados, mas dá para comprar no Brasil.
    2. Noto uma nova ética no mundo da política: em primeiro lugar, não se rouba, praticam-se malfeitos; segundo, os acusados disputam: “A roubalheira deles é pior do que a nossa”. (Ver “mensalão” versus “cachoeira-delta”).

  3. Martha Lins Malheiros Costa disse:

    “Sempre desconfiei daqueles que batem no peito para dizer que são honestos, enquanto se aplicam em descobrir corrupção “nos outros”. Não compreendia (talvez por ser negro) que o senador fosse, ao mesmo tempo, radical em defesa da moralidade e obsessivo no combate aos pleitos de negros e indígenas. Parecia-me insincero e racista.”
    Caro professor Jorge da Silva,

    Vejo que o senhor acredita no escreve e quer argumentos não?
    O Brasil esta cercado de vampiros no poder do estado. Os políticos são incompetentes para gerir a coisa pública. Quem nunca usou do poder para fazer negócios e nepotismo? Demóstenes Torres e Carlinhos Cachoeira agora são os grandes satãs. Desculpe-me senhor coronel e professor. Todos os poderes da república estão com LEPRA. Não tem jeito. Essas terras foram feitas para não dar certo. Por falar nisso,

    Qual o salário dos Policiais?
    Polícia Federal- Papiloscopista e Escrivão, os salários em média R$ 8.514,33 e, Delegado de Polícia Federal R$ 14, 832, 21 ( INICIAL) vale ressaltar. Agentes administrativos da Polícia Federal R$ 3.485,45.

    Brasil- Na Polícia Civil, o salário médio é de R$ 807,00 (média de dez Estados). Na Polícia Militar essa média é de R$ 861,00.
    França – Na Polícia Nacional, o salário inicial de um policial que atua nas ruas é de US$ 2.300,00, e o teto, de US$ 3.500,00. Na Gendermerie, o salário inicial é de US$ 3.100,00, e o teto, de US$ 5.000,00. Se o policial for casado e tiver filhos, recebem adicionais.
    Reino O unido salário inicial é de US$ 3.830,00 e em final de carreira US$ 7.370,00.
    Estados Unidos-Salário médio do policial é de US$ 3.200,00. Depois de cinco anos, está ganhando, em média US$ 6.000,00.
    Argentina-Na Província de Buenos Aires, o salário inicial é de cerca de US$ 400,00, podendo chegar a US$ 5.000,00.

  4. jorge disse:

    Cara Martha,
    Concordo.

Envie o comentário


0/Limite de 1800 caracteres

Add video comment