foto de Jorge Da Silva

Jorge Da Silva é cientista político. Doutor em Ciências Sociais pela UERJ e professor-adjunto / pesquisador-visitante da mesma universidade. Professor conteudista do Curso EAD de Tecnólogo em Segurança Pública (UFF - CEDERJ / CECIERJ). Criado no hoje chamado Complexo do Alemão, no Rio, serviu antes à PM, corporação em que exerceu o cargo de chefe do Estado-Maior Geral. Foi também secretário de Estado de Direitos Humanos/RJ. É vice-presidente da LEAP Brasil ('Law Enforcement Against Prohibition Brazil' (Agentes da Lei Contra a Proibição)).

Ver perfil

Os conteúdos dos textos deste Blog podem ser usados livremente. Pedimos, no caso, que sejam consignados os devidos créditos, com a citação do autor e da fonte.

 



 

 

CRÔNICA DE UMA MORTE ANUNCIADA

2 Comentários, deixe o seu

.

A propósito do bárbaro assassinato da juíza Patrícia Acioli, e das alegações das autoridades de que não sabiam que ela corria risco, ou que não tivesse pedido proteção, remeto o leitor para o blog de Emir Larangeira, que alertava, como fazia o jornal o Globo em  setembro do ano passado, para o grande risco que ela corria e para as precárias condições em que se encontravam (e se encontram) a segurança e a justiça criminal em São Gonçalo.

Hoje, as autoridades prometem: os assassinos serão punidos com todo rigor. Ué! E não era para ser? Importa, mais que isto, saber o que fazer daqui para frente. Um bom começo pode ser o “post” de Larangeira”. É só clicar.

http://emirlarangeira.blogspot.com/2011/08/cronica-de-uma-morte-anunciada.html

2 Comentários, deixe o seu   |    Imprimir este post Imprimir este post    |   


2 comenários to “CRÔNICA DE UMA MORTE ANUNCIADA”

  1. Lucia Maria Viveiros Castro disse:

    Caro Professor Jorge

    Milicianos no Estado do Rio de Janeiro são na verdade resquício dos esquadrões da morte na época da ditadura militar.
    Só que, esses grupos paramilitares sempre foram considerados uma mal menor em relação aos traficantes.
    Não existe saída meu caro. Só um levante popular. O MEDO TEM LIMITES. Ai, será um verdadeiro banho de sangue.
    Quem viver- Vai ver.
    Entendeu? A sociedade na vai aguentar muito tempo.
    Cordiais saudações.

  2. jorge disse:

    Esse é o meu temor.

Envie o comentário


0/Limite de 1800 caracteres

Add video comment