foto de Jorge Da Silva

Jorge Da Silva é cientista político. Doutor em Ciências Sociais pela UERJ e professor-adjunto / pesquisador-visitante da mesma universidade. Professor conteudista do Curso EAD de Tecnólogo em Segurança Pública (UFF - CEDERJ / CECIERJ). Criado no hoje chamado Complexo do Alemão, no Rio, serviu antes à PM, corporação em que exerceu o cargo de chefe do Estado-Maior Geral. Foi também secretário de Estado de Direitos Humanos/RJ. É vice-presidente da LEAP Brasil ('Law Enforcement Against Prohibition Brazil' (Agentes da Lei Contra a Proibição)).

Ver perfil

Os conteúdos dos textos deste Blog podem ser usados livremente. Pedimos, no caso, que sejam consignados os devidos créditos, com a citação do autor e da fonte.

 



 

 

AGENDA. CONVITE E DIVULGAÇÃO

Deixe seu comentário

.

Nota.

A calhar, em função dos recentes acontecimentos no Rio, divulga-se a agenda do evento em foco, programado há mais de três meses.

………..

“SEGURANÇA, VIOLÊNCIA E DIREITOS HUMANOS NAS AMÉRICAS. DESAFIOS E PERSPECTIVAS” (SEGVIDHA)

Será realizada nesta quinta feira, 2 de dezembro, às 09:00 h., no Auditório da Reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Uerj (Rua São Francisco Xavier, 524 – Bloco F – Maracanã), a abertura do Encontro “Segurança, Violência e Direitos Humanos nas Américas. Desafios e Perspectivas” (SEGVIDHA), numa parceria da Organização dos Estados Americanos / OEA e a Universidade. O evento terá a duração de dois dias e reunirá convidados da Colômbia, El Salvador, Argentina, Uruguai e Brasil, além de especialistas da OEA e da Uerj (os quais se reunirão em Oficina de Trabalho à tarde e no dia seguinte no Plaza Copacabana Hotel. O evento será aberto com duas palestras:

– do embaixador ADAM BLACKWELL, titular da Secretaria de Segurança Multidimensional da OEA;

– do coronel MÁRIO SÉRGIO DUARTE, comandante-geral da Polícia Militar.

O Encontro se desdobra das Reuniões de “Ministros em Matéria de Segurança Pública das Américas” (MISPAs I e II), patrocinadas pela OEA, levadas a efeito no México e na República Dominicana, respectivamente, e as reuniões de especialistas e da sociedade civil, preparatórias das referidas MISPAs, nas quais a UERJ se fez representar como ente observador, a convite da OEA / SSM. E visa a discutir problemas que afetam os países da Região de maneira peculiar, como, por exemplo, os decorrentes da repressão às drogas e à proliferação de armas de fogo.

A coordenação é do professor Jorge da Silva, coordenador de Estudos em Ordem Pública, Polícia e Direitos Humanos / Uerj – Reitoria.

Deixe seu comentário   |    Imprimir este post Imprimir este post    |   


Envie o comentário


0/Limite de 1800 caracteres

Add video comment